Topo
Miguel Arcanjo

Miguel Arcanjo

Categorias

Histórico

Crítica: Lírio e formol, espetáculo Branco vomita branco e é um desserviço

Miguel Arcanjo Prado

06/05/2017 14h26

Janaína Leite em cena do espetáculo "Branco: O Cheiro do Lírio e do Formol", que dirige ao lado de Alexandre Dal Farra – Foto: Bob Sousa

Por Ailton Barros dos Santos*
Crítico convidado

Spoilers não me afetam. Fui ver o espetáculo " Branco: O Cheiro do Lírio e do Formol" já tendo ouvido muitas coisas, mas acredito na experiência que o teatro pode me proporcionar e na capacidade de ser totalmente diferente ao que ouvi por antecipação.

De cara, me agrada a contemporaneidade da estética, bagunçada, revelando as estruturas do teatro e uma atmosfera de tensão — algo comum nas obras do Alexandre Dal Farra, autor da dramaturgia e diretor ao lado de Janaína Leite.

Daí em diante, só enxergava mea-culpa e o espetáculo reafirmando o branco reconhecendo seus privilégios e posições como uma espécie de sofrimento que de longe se compara ao meu, bixa preta candomblecista periférico e artista. Ouso dizer que medidas de encenação dão a entender a ideia de um racismo reverso. Triste!

Só há espaço para constatar que os questionamentos ali contidos são muito frágeis e seriam mais honestos e valiosos enquanto questionamentos particulares, caminhando para um posicionamento de mudança e entendimento do movimento negro, e não como uma obra.

E nesse sentido vejo o espetáculo como um desserviço, inclusive usando um espaço que seria, ao meu ver, mais legítimo a uma obra do segmento negro com questões negras e minimamente com atores negros, uma galera que precisa todos os dias afirmar que existe, que resiste para fazer arte e simplesmente viver.

"Branco" vomita branco.

"Branco" é branco e se pinta de branco e, não se contendo de reafirmações brancas, "Branco" se chafurda de uma tinta branca, tudo consciente e por opção.

O que pra mim só reafirma o desserviço.

*Ailton Barros dos Santos, 29 anos, é ator formado pela Escola Livre de Teatro de Santo André, bailarino afro, figurinista e cenógrafo, bixa preta candomblecista periférico.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Leia também:

Não estar é a única forma de presença de negros – e a culpa não é nossa, diz Stephanie Ribeiro

Branco vomita branco e é um desserviço, diz ator Ailton Barros

Branco é teatro do opressor, diz professor da USP Dennis de Oliveira

Após polêmica de racismo, diretores cortam cenas da peça Branco

Miguel Arcanjo Prado: Branco é um espetáculo racista confesso e sem remorso

Sobre o autor

Eleito três vezes um dos dez melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se, Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP (Celacc-ECA) e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por TV Globo Minas, O Pasquim 21, TV UFMG, Rádio UFMG Educativa, Curso Abril de Jornalismo, Superinteressante, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, Uma, R7, Record, Record News, Rede TV!, Claudia, Band, Gazeta e Rede Brasil. É jurado dos prêmios APCA, do Humor, Bibi Ferreira, Sesc Melhores Filmes e Risadaria. Ganhou os prêmios Nelson Rodrigues, Inspiração do Amanhã e Referência Nacional pela Ancec. Como dramaturgo, é autor da peça Entrevista com Phedra.

Sobre a coluna

Miguel Arcanjo mostra o que acontece e quem é destaque nos palcos, telas, salas e sociedade, com informações e entrevistas exclusivas, além de reflexões sobre o mundo da Cultura e do Entretenimento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Arcanjo