Topo

Histórico

Categorias

Paulo Miklos roda o Brasil como Chet Baker após beato em novela da Globo

Miguel Arcanjo Prado

17/07/2019 07h01

Paulo Miklos é Chet Baker em turnê pelo Brasil de espetáculo sobre lenda do jazz – Foto: Victor Iemini – Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo UOL

Após se destacar na novela "O Sétimo Guardião" na Globo como o beato Jurandir, o ator e músico Paulo Miklos mergulha outra vez na vida e obra da lenda do jazz Chet Baker (1929-1988) no espetáculo teatral "Chet Baker, Apenas um Sopro".

A obra escrita por Sérgio Roveri e sob direção de José Roberto Jardim, que estreou em São Paulo em 2016, circula pelas capitais brasileiras.

A turnê começou em Salvador (28 a 30/6), passando por Vitória (5 e 6/7) e Curitiba (12 a 14/7). Agora é a vez de Porto Alegre (3 e 4/8) e São Paulo (em agosto, datas a confirmar).

Além do protagonista Paulo Miklos, a montagem ainda traz os atores Anna Toledo, Jonathas Joba, Piero Damiani e Ladislau Kardos.

O ponto de partida para a trama é um episódio real ocorrido na vida do músico. No fim da década de 60, ele foi violentamente espancado em uma rua de São Francisco, o que marcou sua vida e obra.

A peça, que transcorre ao longo de uma tarde e o início de noite, mostra a convivência complicada, dolorida e ao mesmo tempo solidária entre músicos.

"É um espetáculo que contém muita música e drama, exatamente como a vida do nosso retratado: Chet Baker. Um artista brilhante, um talento natural, aprisionado pela droga e pela auto-complacência", fala Miklos.

"Chet é um dos meus ídolos, muitos deles morreram ainda mais jovens. Respiraram música acima da vida", define.

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Sobre o autor

Eleito três vezes um dos dez melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se, Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP (Celacc-ECA) e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por TV Globo Minas, O Pasquim 21, TV UFMG, Rádio UFMG Educativa, Curso Abril de Jornalismo, Superinteressante, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, Uma, R7, Record, Record News, Rede TV!, Claudia, Band, Gazeta e Rede Brasil. É jurado dos prêmios APCA, do Humor, Bibi Ferreira, Sesc Melhores Filmes e Risadaria. Ganhou os prêmios Nelson Rodrigues, Inspiração do Amanhã e Referência Nacional pela Ancec. Como dramaturgo, é autor da peça Entrevista com Phedra.

Sobre a coluna

Miguel Arcanjo mostra o que acontece e quem é destaque nos palcos, telas, salas e sociedade, com informações e entrevistas exclusivas, além de reflexões sobre o mundo da Cultura e do Entretenimento.

Blog do Arcanjo