Topo
Miguel Arcanjo

Miguel Arcanjo

Categorias

Histórico

Não está certo prender Jane Fonda e xingar Fernanda Montenegro

Miguel Arcanjo Prado

14/10/2019 12h14

Fernanda Montenegro, ofendida aos 89 anos, e Jane Fonda, presa aos 81: esse mundo não está certo – Foto: Divulgação – Coluna @miguel.arcanjo UOL

Duas notícias nos últimos dias mexeram com qualquer pessoa que tenha um mínimo de sensibilidade.

Primeiro: a atriz Fernanda Montenegro, às vésperas de completar 90 anos, foi ofendida por um diretor da Funarte. O que contraria a existência do próprio órgão governamental federal, criado justamente para promover o respeito aos artistas. Fernanda é a maior atriz brasileira de todos os tempos, de postura profissional irretocável, tendo ganhado os maiores prêmios no Brasil e ainda sido a única brasileira a ser indicada ao Oscar de melhor atriz, mais difundida condecoração cinematográfica do mundo. E ela foi ofendida justamente por exercer seu ofício: uma performance artística em um ensaio fotográfico em defesa da liberdade de expressão e contra a censura.

Segundo: a atriz Jane Fonda, de 81 anos, foi presa porque estava protestando contra o descaso com a natureza e as mudanças climáticas, o que coloca em risco a vida de todos nós. Ou seja, foi detida por fazer o que sempre fez muito bem, e quem a conhece sabe disso muito bem, alertar as pessoas para a consciência de si mesmas e do mundo ao redor, que pode ruir a qualquer momento se seguimos depredando e tocando fogo nele, o que afetará toda a coletividade do bicho homem, isso sem falar das outras espécies.

Diante destes dois fatos que aterrorizam qualquer pessoa minimamente sensível ao seu tempo, a ofensa a Montenegro e a prisão de Fonda, este colunista só pode chegar a uma conclusão: este mundo em que vivemos não pode estar certo. E ainda bem que temos Fernanda Montenegro e Jane Fonda para protestar.

Siga @miguel.arcanjo

Sobre o autor

Eleito três vezes um dos dez melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se, Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP (Celacc-ECA) e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por TV Globo Minas, O Pasquim 21, TV UFMG, Rádio UFMG Educativa, Curso Abril de Jornalismo, Superinteressante, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, Uma, R7, Record, Record News, Rede TV!, Claudia, Band, Gazeta e Rede Brasil. É jurado dos prêmios APCA, do Humor, Bibi Ferreira, Sesc Melhores Filmes e Risadaria. Ganhou os prêmios Nelson Rodrigues, Inspiração do Amanhã e Referência Nacional pela Ancec. Como dramaturgo, é autor da peça Entrevista com Phedra.

Sobre a coluna

Miguel Arcanjo mostra o que acontece e quem é destaque nos palcos, telas, salas e sociedade, com informações e entrevistas exclusivas, além de reflexões sobre o mundo da Cultura e do Entretenimento.

Blog do Arcanjo