Topo
Miguel Arcanjo

Miguel Arcanjo

Categorias

Histórico

Comédia espírita pop e instagramável, Ela Entre Nós estreia em SP

Miguel Arcanjo Prado

16/10/2019 11h18

As atrizes Luciana Severi e Juliana Ferreira em cena da peça Ela Entre Nós – Foto: Victor Iemini/Divulgação – Coluna @miguel.arcanjo UOL

Uma comédia espírita pop e instagramável. Assim é "Ela Entre Nós", peça livremente inspirada no texto "De Alma Lavada", de Sergio Roveri, que estreia nesta sexta (18), às 21h, na SP Escola deTeatro (praça Roosevelt, 210), em São Paulo. A temporada vai até 24 de novembro, sempre sexta, sábado e segunda, 21h, e domingo, 19h, com entrada a R$ 15 e R$ 30.

O enredo apresenta Simone, mulher que mora sozinha e, após sofrer um acidente doméstico, dá de cara com sua própria alma, que resolve fazer uma série de questionamentos existenciais, inclusive criticando o homem com quem Simone se relaciona.

Os atores Felipe de Paula e Juliana Ferreira na peça Ela Entre Nós – Foto: Victor Iemini/Divulgação – Coluna @miguel.arcanjo UOL

Estão em cena os atores Juliana Ferreira (Simone), Luciana Severi (a Alma) e Felipe de Paula (o namorado). Todos sob direção do uruguaio-brasileiro Mauro Baptista Vedia, que trouxe para a montagem uma trilha com sonoridades dos anos 1970 e 1980 e homenagens estéticas a dois cineastas consagrados.

"O texto me trouxe várias referências, mas uma das mais importantes foi o cinema de Pedro Almodóvar nos anos de 1980 e de Quentin Tarantino. Outra referência é a música pop espanhola e hispano-americana dos anos de 1970", adianta o diretor.

"Mais do que temas o que sempre me interessa são formas. Criamos uma espécie de comédia espírita pop, isso me fascina porque tentamos criar um novo formato e queremos saber qual será a resposta do público a essa peça tão vital, que mistura coisas que supostamente não deveriam ser misturadas", define Mauro.

Juliana Ferreira em cena da peça Ela Entre Nós – Foto: Victor Iemini/Divulgação – Coluna @miguel.arcanjo UOL

Outro charme da montagem é o colorido apartamento kitsch no qual vive a protagonista, criação da atriz Juliana Ferreira, que também idealizou o projeto.

"A Simone mora nesse apartamentinho em que cada cômodo tem uma cor diferente. Ela é toda certinha e pensa que vive no seu mundo de glamour. Ela tem sua banheirinha vitoriana e está sempre ouvindo o argentino Palito Ortega", adianta Juliana. "Quando ela encontra a alma, passa a se questionar: o que eu estou fazendo com a minha vida?", revela.

E um detalhe que a Coluna Miguel Arcanjo adianta: o público vai poder tirar fotos no instagramável cenário após o espetáculo. Você vai perder aquela selfie?

Siga @miguel.arcanjo

Sobre o autor

Eleito três vezes um dos dez melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se, Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP (Celacc-ECA) e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por TV Globo Minas, O Pasquim 21, TV UFMG, Rádio UFMG Educativa, Curso Abril de Jornalismo, Superinteressante, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, Uma, R7, Record, Record News, Rede TV!, Claudia, Band, Gazeta e Rede Brasil. É jurado dos prêmios APCA, do Humor, Bibi Ferreira, Sesc Melhores Filmes e Risadaria. Ganhou os prêmios Nelson Rodrigues, Inspiração do Amanhã e Referência Nacional pela Ancec. Como dramaturgo, é autor da peça Entrevista com Phedra.

Sobre a coluna

Miguel Arcanjo mostra o que acontece e quem é destaque nos palcos, telas, salas e sociedade, com informações e entrevistas exclusivas, além de reflexões sobre o mundo da Cultura e do Entretenimento.

Blog do Arcanjo