Topo
Miguel Arcanjo

Miguel Arcanjo

Categorias

Histórico

Infarto fulminante mata ator que fez Éramos Seis antes de estreia de peça

Miguel Arcanjo Prado

18/11/2019 19h12

Walmir Santana morreu de infarto fulminante nesta segunda (18) aos 60 anos – Foto: Reprodução Instagram – Blog @miguel.arcanjo UOL

O ator Walmir Santana morreu nesta segunda (18), vítima de um infarto fulminante. Ele tinha 60 anos e iria estrear na próxima quinta (21) a peça Até Que a Morte Nos Separe, no Teatro West Plaza, em São Paulo. Na obra, contracenava com a atriz Rita Malot. A temporada foi cancelada, informou ao blog Miguel Arcanjo a assessoria do espetáculo. Além de ator, Walmir Santana era também clown, interpretando o palhaço Seu Valdir.

Santana estava aparentemente bem e sua morte repentina pegou a todos de surpresa. Os amigos e familiares do ator estão desolados com a notícia. Inclusive neste domingo (17), às 20h, ele apresentou normalmente a peça Nariz de Pedra no Festival Satyrianas, na Tenda Chico, na praça Roosevelt, centro paulistano. "Falei com ele após a peça, e ele estava feliz e parecia super bem", contou Gustavo Ferreira, coordenador geral do festival de artes paulistano.

Walmir Santana também chegou a gravar recentemente uma participação na novela Éramos Seis, da Globo. Artista com farta experiência nos palcos, atuou em peças importantes do teatro paulistano, como Trair e Coçar É Só Começar, escrita por Marcos Caruso, além de A Louca de Chaillot, dirigida por Ruy Cortez, e Tudo de Novo no Front, sob direção de Aimar Labaki.

O velório será nesta terça (19) a partir das 14 h, e cremação às 16h, no Cemitério Bosque da Paz, em Vargem Grande Paulista.

Siga @miguel.arcanjo

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Walmir Santana (@walmirsantana_santana) em

Sobre o autor

Eleito três vezes um dos dez melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se, Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP (Celacc-ECA) e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por TV Globo Minas, O Pasquim 21, TV UFMG, Rádio UFMG Educativa, Curso Abril de Jornalismo, Superinteressante, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, Uma, R7, Record, Record News, Rede TV!, Claudia, Band, Gazeta e Rede Brasil. É jurado dos prêmios APCA, do Humor, Bibi Ferreira, Sesc Melhores Filmes e Risadaria. Ganhou os prêmios Nelson Rodrigues, Inspiração do Amanhã e Referência Nacional pela Ancec. Como dramaturgo, é autor da peça Entrevista com Phedra.

Sobre a coluna

Miguel Arcanjo mostra o que acontece e quem é destaque nos palcos, telas, salas e sociedade, com informações e entrevistas exclusivas, além de reflexões sobre o mundo da Cultura e do Entretenimento.

Blog do Arcanjo