Topo
Miguel Arcanjo

Miguel Arcanjo

Categorias

Histórico

10º FAN-BH jogou foco na arte negra na capital mineira: veja 7 momentos

Miguel Arcanjo Prado

30/11/2019 06h00

Ícone negro do país, o ator baiano Antonio Pitanga celebrou 80 anos de vida com a peça Embarque Imediato no FAN-BH, Festival de Arte Negra de Belo Horizonte – Foto: Pablo Bernardo/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo UOL

Com mais de cem atrações em sete dias, entre 18 e 24 de novembro, neste mês da Consciência Negra, a décima edição do FAN-BH (Festival de Arte Negra de Belo Horizonte) movimentou a capital mineira com uma das mais potentes e tradicionais celebrações do povo negro no país. Dentre as várias imagens e artistas que marcaram o evento bienal, o Blog do Miguel Arcanjo mostra uma seleção de sete momentos que já deixam saudade. Veja só quanta beleza.

O artista mineiro Paulo Nazareth fez performance no FAN-BH, Festival de Arte Negra de Belo Horizonte – Foto: Pamela Bernardo/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo UOL

A peça paulistana Gota D'Água {Preta}, de Chico Buarque e Paulo Pontes com releitura de Jé Oliveira se apresentou com sucesso no FAN-BH, Festival de Arte Negra de Belo Horizonte – Foto: Iara Musa/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo UOL

O músico baiano Lettieres Leite e sua Orkestra Rumpilezz se apresentaram no FAN-BH, Festival de Arte Negra de Belo Horizonte – Foto: Paulo Oliveira/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo UOL

De São Paulo, a peça Navalha na Carne Negra, com a releitura do clássico de Plínio Marcos, foi bastante aplaudida no FAN-BH, Festival de Arte Negra de Belo Horizonte – Foto: Pamela Bernardo/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo UOL

Importante nome na música negra mineira, Sergio Pererê fez show aplaudido no FAN-BH, Festival de Arte Negra de Belo Horizonte – Foto: Pablo Bernardo/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo UOL

Vista aérea do Baile das Panteras no FAN-BH, Festival de Arte Negra de Belo Horizonte – Foto: Pablo Bernardo/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo UOL

Sobre o autor

Eleito três vezes um dos dez melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se, Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP (Celacc-ECA) e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por TV Globo Minas, O Pasquim 21, TV UFMG, Rádio UFMG Educativa, Curso Abril de Jornalismo, Superinteressante, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, Uma, R7, Record, Record News, Rede TV!, Claudia, Band, Gazeta e Rede Brasil. É jurado dos prêmios APCA, do Humor, Bibi Ferreira, Sesc Melhores Filmes e Risadaria. Ganhou os prêmios Nelson Rodrigues, Inspiração do Amanhã e Referência Nacional pela Ancec. Como dramaturgo, é autor da peça Entrevista com Phedra.

Sobre a coluna

Miguel Arcanjo mostra o que acontece e quem é destaque nos palcos, telas, salas e sociedade, com informações e entrevistas exclusivas, além de reflexões sobre o mundo da Cultura e do Entretenimento.

Blog do Arcanjo